Você está em: Acontece
Publicado em 07/01/2019
Tempo de leitura: 3 minutos

Professora de educação física desapareceu no Guarujá há mais de dois dias

Jovem deveria retornar para casa após o trabalho

Desde sexta-feira (04), a professora de educação física Karla Oliveira, de 27 anos, está desaparecida. Karla sumiu após sair da academia em que dava aulas.

Segundo seu marido, com quem é casada há 3 anos, Esteves Oliveira, de 31 anos, a jovem saiu de casa para seu serviço no final da tarde, e deveria retornar por volta das 21h. Porém, não foi o que aconteceu. Esteves ainda conta que nunca foi um hábito da vítima de desaparecer sem dar notícias.
No dia do ocorrido, o marido chegou a visitá-la durante seu turno para levar o telefone celular que ela havia esquecido. O local de trabalho fica bem próximo da casa de Karla.
Esteves e a mãe de Karla aguardaram esperançosos durante dois dias para registrar um boletim de ocorrência na Delegacia Sede de Guarujá.
Amigos e familiares seguem em campanha para localizar Karla.
A Polícia Civil, que investiga o caso, analisará registros de câmeras de monitoramento em busca de pistas que possam auxiliar na localização da professora.

 

Bilhete supostamente escrito pela professora foi encontrado

Funcionários da academia onde Karla trabalhava encontraram um bilhete, supostamente deixado por ela. Quando ficou sabendo do desaparecimento de Karla, o proprietário da academia, Thiago da Silva, de 31 anos, foi até o estabelecimento e encontrou a chave da professora em cima do balcão e, logo depois, o bilhete que foi entregue à família da moça.
Segundo o esposo de Karla, que recebeu o bilhete e reconheceu a letra da esposa, o texto escrito dizia que ela estava saindo da cidade do Guarujá por problemas pessoais, e que escreveu o bilhete por estar sem celular para enviar mensagem. O recado aparece assinado por Karla. Porém, a Polícia Civil continua na investigação para localizá-la.

Qualquer informação sobre o paradeiro da professora pode ser informada (com ou sem indentificação) pelo telefone do Disque Denúncia 181 ou pelo plantão do Distrito Policial de Guarujá (13) 3386-6992.

 

Fotos: Arquivo Pessoal

Redação

Portal Viver em Santos e Região

O Portal Viver em Santos e Região é uma marca de referência em notícias colaborativas na Baixada Santista, com o objetivo de promover a cidadania entre os moradores e admiradores da nossa região.