Prefeitura de Santos intensifica ação contra ratos nos jardins da Praia

Estão circulando vídeos de ratos na praia de Santos há algumas semanas. A principal causa do aparecimento dos roedores, segundo o chefe da Sevicoz, Geanfabio Goldsztejn, é a oferta de alimento, ampliada nos meses de maior movimentação na praia. “É preciso recolher sempre o lixo e jogar os restos de comida na lixeira ou nos contentores. Os ratos consomem qualquer tipo de alimento: sanduíche, pipoca, bala”, alerta. As fezes dos cães “que não digerem totalmente a ração” também seriam atrativas para os roedores.

Com o problema identificado, a Prefeitura intensificou a desratização na orla na última sexta-feira (24), com a primeira força-tarefa de 2020, realizada entre as avenidas Washington Luís (canal 3) e Bernardino de Campos (canal 2). Na segunda-feira (27), a ação terá continuidade da área atual até a Avenida Siqueira Campos (canal 4).

O trabalho consiste na instalação de armadilhas junto às tocas, com a aplicação de raticidas formados por um composto de cereais com brodifacoum, anticoagulante que leva os roedores à morte de forma gradual. Antes disso, a área passa por limpeza para que restos de alimentos não sejam concorrentes da isca.Na próxima semana, outro tipo de produto será utilizado, com uma técnica diferente de aplicação.

O objetivo é variar os métodos de combate aos ratos, a fim de ampliar a eficácia do serviço.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on email
Email

Notícias Relacionadas