O que fazer em Santos – melhores pontos turísticos

Se você está vindo à cidade para passar um feriado ou fim de semana, precisa estar por dentro do que fazer em Santos. Assim, você conseguirá montar a lista de pontos turísticos e lugares para conhecer e aproveitar ainda mais sua estada.

O Viver em Santos e Região tem expertise para indicar os melhores locais para conhecer e para diversão.
Pegue papel, caneta e esteja preparado para começar a montar seu roteiro.

Saiba agora o que fazer em Santos durante as férias

Jardins da Praia de Santos

Os 7 km de jardins são parada obrigatória. Moradores e turistas não conseguem deixar de passar pelo local e admirar a variedade de flores. Ao sentar nos banquinhos, além de usufruir de um clima agradável, você consegue conhecer um pouco mais sobre os santistas, já que por lá passam famílias, namorados, adolescentes, cachorros…

O Guinness Book (Livro dos Recordes) listou os jardins como maior jardim frontal de praia em extensão do mundo. Você vai conhecer um lugar diferente e ainda pode riscar da sua lista de “conhecer algum lugar mundialmente famoso” em uma tacada só.

O que fazer em Santos: Emissário Submarino

O Emissário Submarino tem a função de difundir, em alto-mar, o material previamente tratado na Estação de Precondicionamento de Esgoto de Santos (EPC). E esse local, que tinha tudo para não ser agradável, é, e muito. Por lá, há pistas de skate e patins, Museu do Surf, ambulantes vendendo comidas deliciosas, muros com grafites incríveis, bancos ideais para botar o papo em dia com amigos, pista de patins.

O grande marco do emissário é o monumento de Tomie Ohtake, que está estampado em muitos cartões postais da cidade.

Monumentos de Santos

Monumentos históricos na Orla

Que Santos é uma cidade histórica, você já sabe. Mas você sabia que é possível conhecer mais sobre história do Brasil através das esculturas na praia? Alguns exemplos são: Monumento em homenagem aos imigrantes japoneses; o do “Pescador” (agradece aos pescadores que exercem atividade); o do “Surfista” (homenagem à história do surf na cidade); 500 anos do descobrimento (um presente à comunidade portuguesa).

Pinacoteca Benedicto Calixto

A Pinacoteca abriga 65 obras de Benedicto Calixto. A exposição permanente conta com 15 estudos de anatomia, 14 marinhas, 12 históricas, 11 retratos, 10 obras sacras e um nu, além de materiais de Calixto, como caixa de tintas e algumas fotografias.

Na parte de fora, há um lindo jardim, com esculturas, árvores resgatadas e produtos sustentáveis. O café Calixto oferece ótimas opções de almoço, café da tarde e jantar.

Centro de Santos

O Centro de Santos é o bairro que todos os amantes de história devem conhecer. A dica é pegar o trem na Estação do Valongo e passar pelos melhores pontos, com uma explicação detalhada do guia.

Há também a Bolsa do Café, onde é possível conhecer a trajetória do produto no Brasil.

Vila Belmiro e Memorial das Conquista

A Vila Belmiro e o Memorial das Conquistas são muito visitados por amantes do futebol. Além de entrar em um estádio que já foi palco de belíssimas jogadas, no mesmo endereço, é possível ver de pertinho bolas, taças e história “do peixe”.

Orquidário

Se você está vindo para Santos com crianças, não deve deixar de passar no Orquidário. Em um espaço de 22 mil metros quadrados, você encontrará 120 espécies de plantas, incluindo espécies raras, e cerca de 500 animais, de 70 espécies diferentes. Muitos deles ficam soltos, como jabutis, pavões e capivaras.

Na entrada, há um parquinho, onde a criançada pode se divertir no escorregador, gangorra e muito mais.

Aquário

O Aquário de Santos existe há mais de 70 anos. O local é nacionalmente conhecido por conseguir reproduzir animais em cativeiro, como pinguins e tubarão-gato.

São mais de 150 espécies de vida marinha, que vivem em aquários projetados para lembrar o habitat natural.

Monte Serrat Santos

Monte Serrat

Se você é uma pessoa de fé, independente da religião, deve realizar o passeio pelo Monte Serrat. No topo, há um antigo cassino e o Santuário de Nossa Senhora do Monte Serrat. Também há um café, onde os visitantes se deliciam com a culinária, enquanto apreciam a vista da cidade.
Existe duas opções de chegar até o topo: através da escadaria (416 degraus) ou pelo tradicional bondinho, que realiza uma subida vertical.

Gostou das dicas? Então continue acompanhando o Viver em Santos e Região e saiba de todos os detalhes do que está acontecendo por aqui.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on email
Email

Notícias Relacionadas