Navio chinês Kota Pemimpin atraca no Porto de Santos

O navio Kota Pemimpin, com bandeira de Hong Kong, no qual dois tripulantes apresentam sintomas semelhantes ao coronavírus, atracou no Porto de Santos hoje (19). As duas supostas vítimas da doença serão avaliadas pela Vigilância Sanitária das Secretarias de Saúde de Santos e do Estado de São Paulo.

O alerta foi levantado na última sexta-feira (14), quando o navio encaminhou a documentação para aportar, que incluía o livro médico de bordo. Entre os registros, continha o relato de que dois tripulantes tiveram sintomas gripais, como tosse e dor de garganta.

Apesar de o Kota Pemimpin ter passado por portos chineses nos últimos 30 dias, em Xangai, Ningbo e Yantian, a Anvisa já reforçou que não há motivo para preocupação e que, mesmo que seja comprovada a existência da doença, há um plano de contingência.

A embarcação estava nas proximidades desde domingo (16), mas ainda não havia atracado por conta das más condições da maré, que impediram que a manobra fosse realizada.
O primeiro contato com brasileiros foi com práticos, que são responsáveis por manobrar o navio dentro do porto de Santos. Ambos com equipamentos de segurança.

Enquanto a investigação estiver sendo realizada, a embarcação ficará isolada. Após a avaliação, o Certificado de Livre Prática, documento emitido a todas as embarcações que atracam nos portos brasileiros, será cedido.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on email
Email

Notícias Relacionadas