Jet ski bate em canoa e fere ocupante; motorista foge sem prestar socorro

Uma equipe de canoagem treinava por volta das 11h30 de ontem (16), no Rio Negro, em Itanhaém, quando foi atingida por um jet ski. Dos 11 ocupantes, um ficou gravemente ferido,

Marcos José da Silva teve fratura exposta no braço esquerdo e três costelas quebradas, causando perfuração em um dos pulmões e um afundamento lateral entre a testa e o olho. A vítima foi levada à Casa de Saúde de Santos, onde fez drenagem e está a espera da operação.

Outras duas pessoas tiveram escoriações leves. O fundo da canoa ficou rachado.

De acordo com informações, a equipe se dirigia à Marina para guardar a canoa e foi surpreendida por vários jet skis, que “faziam manobras em alta velocidade”. Para tentar evitar consequências, os ocupantes travaram a canoa e acenaram com os remos para cima, pois o barco, por não ter motor, não é ágil e não permite a realização de manobras bruscas.

Entretanto, um dos pilotos da moto aquática não conseguiu frear e pegou a lateral da canoa, causando a fratura em Marcos, que com o impacto, ficou desacordado.

Conforme Murilo Calegari, amigo da vítima, o motorista fugiu do local sem prestar socorro.

O socorro chegou de maneira inusitada, pois em meio à Mata Atlântica, não havia celular. Uma lancha passou minutos depois e ajudou a conduzir Marcos para o Pronto Socorro de Itanhaém. Outro motorista de jet ski (que não fazia parte do grupo) também auxiliou e amarrou na canoa uma corda, o que ajudou a chegar na marina.

Boletins de Ocorrência foram registrados na polícia e na Marinha. Os envolvidos ainda não foram localizados.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on email
Email

Notícias Relacionadas