Criança cubatense tem três meses para conseguir doador de medula óssea

O maior sonho de Yasmin Marques Brito, 7 anos, moradora de Cubatão, é ser veterinária e comprar um lugar “bem grande” para cuidar e abrigar animais de rua. Entretanto, esse desejo tão puro e doce pode não se realizar. A menina tem apenas três meses para encontrar um doador de medula óssea 100% compatível.

A família descobriu em fevereiro de 2019 que Yasmin é portadora de leucemia de um tipo raro (mieloide aguda). Após muitas sessões de quimioterapia, teve alta, mas em janeiro deste ano, a doença reapareceu e única opção é a doação. Caso um doador não seja encontrado no período, as chances de sobrevivência são baixas.

A compatibilidade total na doação é necessária para impedir recaídas. Para saber as possibilidades, basta ir ao Hemonúcleo do Hospital Guilherme Álvaro, em Santos, de segunda a sábado das 08h30 às 12h30 com documento de identidade e dizer que deseja realizar o teste de compatibilidade com Yasmin Marques Brito.

Em publicação no Facebook, a mãe, Dani Brito, comentou “Eu quero ver minha menina alcançar os objetivos dela. Deus tem cuidado de nós, nos pequenos detalhes, e sinto que ele não vai nos desamparar. Eu tenho muito orgulho de ser mãe dessa pequena e forte menina. Vê-la enfrentando tudo isso pela segunda vez esmaga meu coração, mas ao mesmo tempo, vejo a força de Deus agindo nela”, desabafa

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on email
Email

Notícias Relacionadas