Casos de morte por afogamento aumentam 31% comparado ao ano passado

De acordo com um levantamento feito pelo Corpo de Bombeiros, comparado ao mesmo período em 2018, o número de mortes por afogamento aumentou em 31%. Enquanto no ano passado, foram 1.361 salvamentos e 60 mortes, em 2019 foram mais de 1.600 salvamentos e 80 mortes.

Medidas estão sendo tomadas para evitar mais tragédias. O reforço para Temporada de Verão deve chegar no início de dezembro na região da Baixada Santista, mas em Praia Grande, cidade que registrou mais mortes, a data antecipou para o próximo fim de semana.

Para manter a segurança até a data, é preciso seguir à risca as recomendações de segurança:

– Evitar brincadeiras como simulações de afogamentos ou forçar a cabeça de um amigo para dentro da água
– Orientar crianças sobre os perigos e não as deixe entrar na água sozinhas
– Nadar somente se souber informações sobre a correnteza e a profundidade
– Nadar somente até onde alcançar
– Não entrar no mar caso a placa sinalize “Perigo”
– Não entrar no mar, caso salva-vidas não estejam por perto
– Ter cuidado ao socorrer quem está se afogando. Optar por chamar um profissional ou jogar material flutuante, assim evitando o afogamento de ambos.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on telegram
Telegram
Share on email
Email

Notícias Relacionadas